Por que apostar na automação de tarefas fiscais?

Por que apostar na automação de tarefas fiscais?

Por Mauro Negruni, Diretor de Conhecimento e Tecnologia da Decision IT

Nos últimos anos, nós da Decision IT estivemos focados em eliminar tarefas repetitivas e exaustivas para os profissionais que primam pelo conhecimento aplicado. Como em todos os projetos inovadores, somente obtivemos sucesso após muito trabalho, decepções e esforço. Valeu a pena. Estamos colhendo os frutos do desafio: clientes que realizavam tarefas em dias passaram a contar com rotinas mais eficientes, realizando as mesmas tarefas em horas.

A capacidade humana é fantástica. É o que enalteço aqui. Minha admiração aos profissionais, em todas as organizações, que fazem de um desafio a sua batalha diária. Não basta apenas conhecimento, tecnologia ou técnica. É preciso paixão, suor e dedicação. Quando anunciamos ao mercado que nossa solução fiscal contava com funcionalidades nunca antes pensadas, não estávamos falando ao vento. Estamos convencidos que os melhores sistemas são aqueles em que o ser humano está no controle e a máquina – neste caso o sistema – está a seu dispor.

Uma parte da nossa tarefa está concluída. Algumas organizações que acreditaram no desafio já se juntaram ao grupo de poupadores de tempo e esforço utilizando nossa solução fiscal Decision SPED. Pensamos pela ótica dos usuários de sistemas: qual deveria ser o esforço racional para geração de uma EFD (Escrituração Fiscal Digital) ou uma EFD Contribuições ou uma conciliação? Nosso mote foi pensar nas funcionalidades e facilidades que um sistema fiscal deveria oferecer, como por exemplo, rotinas de geração de livros digitais simplificadas que podem ser acionadas por pessoas que saibam navegar num browser (navegador de páginas da Internet). Tarefa intuitiva realizada de forma fácil na nossa solução. Fomos além, pois navegar em inúmeras telas e disparar, várias vezes, tarefas semelhantes como a geração de um livro digital – por filial, deveria ser facilitada. Cumprimos nosso desafio: podemos disparar a geração por critérios como a sigla da UF, por exemplo (geração simultânea de livros).

Para alguém que esteja habituado à rotinas automatizadas perece muito simples o que disponibilizamos. Todavia, para um ambiente onde a maioria das soluções são da época do Windows 3.1, a revolução está posta para os usuários, agora, mais satisfeitos pela redução do trabalho repetitivo.

Outras funcionalidades, que num ambiente cliente-servidor seriam impensáveis, tiveram lugar numa solução que possui o conceito SOA (Service Oriented Architeture). Vimos clientes terem o prazer de ver duas (ou mais) tarefas sendo executadas simultaneamente, ocupando a capacidade plena do servidor e entregando muito rapidamente o que era executado na limitação do mundo 32 bits (limitação de uso dos recursos do sistema operacional da década de 1990).

A equipe que sempre esteve dedicada a entregar produtos de alta qualidade não esqueceu de importantes requisitos de negócios, como a geração de todos os blocos dos livros digitais, inclusive os mais complexos como o M – na apuração das contribuições sociais na EFD-Contribuições ou controle do LALUR (Livro de Apuração do Lucro Real) na ECF (Escrituração Contábil-Fiscal). Foram solucionados versionamento de cadastros (itens, participantes, tabelas, etc) e outros tantos requisitos importantes de um sistema que necessita olhar para as três dimensões do tempo (passado, presente e futuro).

Como “cereja do bolo” aos usuários desta solução – gerada nos bastidores da nossa companhia – incluímos funcionalidades estratégicas como gerador de relatórios e regras de validação customizáveis para cada ambiente. Esta solução conta com total controle de alteração, preservando as atualizações de versão em controle, realizado no próprio sistema.

Estamos orgulhosos com os resultados. Comparamos uma tarefa de confecção de um livro digital da EFD-Contribuições, contendo milhares de registros. Em um produto concorrente é executada em seis horas, enquanto que no Decision SPED, em pouco mais de duas horas. O resultado final, em registros e apuração de tributos, é totalmente comparável e compatível, ou seja, nada fora esquecido ou falhado.

Parabéns a todos os membros de uma equipe que, sempre preocupada com a qualidade de entregas, vêm se destacando como confiável e qualificada. Ainda temos desafios, pois ambicionamos disponibilizar mais e melhores funcionalidades para o mundo do SPED (Sistema Público de Escrituração Digital) aos profissionais que preferem dedicar mais tempo ao real trabalho significativo do ser humano: pensar, controlar e planejar, contem conosco!

Fonte: Revista Nacional da Tecnologia da Informação | Página 66 e 67.

Sem comentários

Publicar um comentário