Author: Decision IT Admin

A novidade está sendo construída em complemento ao eSocial

A Escrituração Fiscal Digital das Retenções e Informações da Contribuição Previdenciária Substituída (EFD-Reinf) é o mais recente módulo do Sistema Público de Escrituração Digital (Sped) – instituído pelo Decreto nº 6.022, de 22 de janeiro de 2007. A novidade está sendo construída em complemento ao Sistema de Escrituração Digital das Obrigações Fiscais, Previdenciárias e Trabalhistas (eSocial) e contempla todas as retenções do contribuinte sem relação com o trabalho, bem como as informações sobre a receita bruta para a apuração das contribuições previdenciárias substituídas. A nova escrituração substituirá as informações contidas em outras obrigações

Por Mauro Negruni, Diretor de Conhecimento e Tecnologia Decision IT

Algumas modas em TI, assim como em outras áreas de gestão, tem muito a contribuir no aprimoramento das organizações das empresas. E quando tratamos uma tendência como modismo acabamos por misturar “alhos com bugalhos”. Modismos são processos e metodologias aplicáveis por pouco tempo para um público direcionado comercialmente ou para um público geral – minha interpretação do conceito postado na Wikipedia. Já a tendência está livre da efemeridade do modismo, portanto, tem-se no senso comum, que deverá durar e principalmente modificar os processos e hábitos de uma parte significativa ou de grande parcela da sociedade.

É senso comum que experiências negativas deixam apenas más lembranças. Digo isso baseado nas informações postadas diariamente no blog www.mauronegruni.com.br, que aborda o ambiente do SPED – Sistema Público de Escrituração Digital. São várias críticas sobre pequenas falhas ou comportamentos inesperados dos sistemas.

As reclamações quanto à implantação do Portal do Empregador Doméstico - prefiro chamá-lo dessa forma para dissociá-lo do eSocial - são justificáveis. Não se trata apenas de um sistema que fora disponibilizado sem todas as funções previstas. Foi além. Os erros apresentados impediram o contribuinte de completar o cumprimento da obrigação. Tanto foi assim que prazos tiveram de ser alterados.

Features do Decision SPED para a entrega da ECD/ECF 2016: 1)      Implementação do Razão Auxiliar das Subcontas (RAS) da ECD Geração do Livro Z (Razão Auxiliar) para as Subcontas que representam mais de um ativo/passivo de acordo com os formatos dos Registros I500 a I555 definidos no Manual de Orientação da ECD 4.0;

Analisar, debater e propor novas visões sobre o Projeto Sped tem sido o mote do já tradicional Fórum Sped Porto Alegre. O SESCON-RS é parceiro dessa iniciativa, desde a sua criação. Esse ano, o Fórum se transformou no Conexão Sped (www.decisionit.com.br/conexaosped2016 ), com uma programação mais robusta e interativa. O evento ocorre no dia 12 de maio, no Teatro do CIEE, em Porto Alegre. Confira a entrevista com Mauro Negruni, diretor da Decision It, organizadora do evento, e uma das referências nacionais em SPED:

SESCON-RS – O projeto Sped é uma importante transformação que impacta no fazer contabilidade. Vem sendo discutido e aprimorado nos últimos anos. Qual a sua opinião a respeito dele hoje?

Por Mauro Negruni, Diretor de Conhecimento e Tecnologia Decision IT

Algumas modas em TI, assim como em outras áreas de gestão, tem muito a contribuir no aprimoramento das organizações das empresas. E quando tratamos uma tendência como modismo acabamos por misturar “alhos com bugalhos”. Modismos são processos e metodologias aplicáveis por pouco tempo para um público direcionado comercialmente ou para um público geral – minha interpretação do conceito postado na Wikipedia. Já a tendência está livre da efemeridade do modismo, portanto, tem-se no senso comum, que deverá durar e principalmente modificar os processos e hábitos de uma parte significativa ou de grande parcela da sociedade.

Por Mauro Negruni, Diretor de Conhecimento e Tecnologia da Decision IT

Nos últimos anos, nós da Decision IT estivemos focados em eliminar tarefas repetitivas e exaustivas para os profissionais que primam pelo conhecimento aplicado. Como em todos os projetos inovadores, somente obtivemos sucesso após muito trabalho, decepções e esforço. Valeu a pena. Estamos colhendo os frutos do desafio: clientes que realizavam tarefas em dias passaram a contar com rotinas mais eficientes, realizando as mesmas tarefas em horas.

Por Mauro Negruni, Diretor de Conhecimento e Tecnologia da Decision IT

O ano de 2016 será ainda mais emocionante para os profissionais da área tributária. Seja por conta da pressão sobre o defict orçamentário federal, que assusta os investidores do mercado, seja pela vontade dos governos estaduais em buscar recursos para, ao menos, cumprir seus compromissos básicos, como o pagamento dos servidores. A preocupação não é à toa. O aumento da eficiência estatal geralmente está atrelada ao aspecto arrecadatório, infelizmente.

A Decision IT, empresa de Porto Alegre focada em soluções fiscais, acaba de abrir uma unidade em São Paulo.

A companhia oferecerá o seu porfólio completo, composto pela solução para cálculo de tributos por meio do Motor Tributário, soluções para emissão e validação dos documentos fiscais eletrônicos com o Notamax, solução para robotização de tarefas operacionais utilizando Workmatic PRO e gerenciador fiscal modular voltado para o novo sistema de escrituração fiscal (SPED).